Exibindo de 1 a 1 do total de 1 (1 páginas)

A canela é um tempero comum ou uma espécie de tônico milenar? Talvez seja muito difícil acreditar que um tempero encontrado com tanta facilidade em armários de muitas pessoas ao redor do mundo, já tenha custado 15 vezes mais do que a prata. E acredite, isso é verdade.

Quando os europeus descobriram e conheceram a canela no primeiro século, a canela era tão valorizada que, guardadas as devidas proporções, um pequeno frasco custava uma grande e valiosa fortuna.

Sabe-se que os benefícios da canela são conhecidos desde 2.800 a.C., quando o pai da Medicina Tradicional Chinesa, Sheng Nong, a usou pela primeira vez.

DE ONDE SURGIU A CANELA

Você sabia que a canela vem de uma árvore e existem mais de 250 espécies diferentes de árvores de canela. Uma espécie, Cinnamon Cassia, recebeu o nome da palavra grega Kassia - que significa retirar a casca. Essa tradução pode ser interpretada literalmente, pois a canela começa como a casca interna da árvore da qual é removida, depois é processada e transformada no tempero saboroso e que nos aquece - o qual apreciamos tanto.

Embora as diferentes espécies de canela compartilhem muitas características comuns, elas apresentam pequenas diferenças, incluindo os tipos e quantidades de fitonutrientes que contêm. Uma vez que os fitonutrientes são os componentes que promovem a saúde nas plantas, diferentes tipos de canelas podem apresentar diferentes tipos de benefícios para a saúde.

A CANELA PODE AJUDAR A APOIAR O METABOLISMO DO AÇÚCAR

Quando adicionada ao seu programa de saúde, a canela pode ajudar a apoiar o metabolismo do açúcar. Isso significa que a canela pode ajudar a quebrar os açúcares e amidos dos alimentos que você ingere e transformá-los em energia para o seu corpo.

Por meio dessa função, a canela pode ajudar a manter os níveis saudáveis de açúcar no sangue já dentro da faixa normal.